Geraldo Maia
  • 65, Male
  • salvador
  • Brazil
Share on Facebook
Share
  • Blog Posts (5)
  • Discussions
  • Events
  • Groups
  • Photos
  • Photo Albums
  • Videos

Geraldo Maia's Friends

  • Daniel Rostand
  • Cynthia Ceriano
  • Anna Finn
  • Caridad Roman
  • Lisa
  • Nguyễn Thị Thanh Hương
  • el heni
  • Pedro Rodrigues Junior
  • Kim N Carswell
  • May Angel
  • Peaceforall
  • neozzotty paredes
  • Charlina Cecena
  • Ronit Afek
  • Sidnei Piedade
 

Geraldo Maia's Page

Latest Activity

leonardo martin negrin left a comment for Geraldo Maia
""Target =" _blank "> Introducción a Palabras de Paz Global"
Feb 26, 2012

Profile Information

Favorite website
http://no
When it comes to peace, how would you describe yourself?
I am a born activist
What do you believe are the 'burning issues' today?
Education
What must we overcome to achieve peace?
Economic disparities
Can we change the world?
Definitely
Promise to respect others and refrain from spamming?
Yes

A ROSA E O GLADIADOR

A ROSA E O GLADIADOR

Uma célula é vida
Um átomo é vida
Uma partícula é vida
Tem alma, saber e linguagem
Você pode não entender
Você pode não perceber
Você pode não se ligar
Mas é verdade
Existem infinitas formas de vida
Você é apenas mais uma
Assim como eu e os outros
O feto é uma delas
O feto é você
Pode parecer estranho
Pode parecer pequeno
Pode parecer incômodo
Mas é uma vida como você
É você!
O feto é uma vida única
E infinita como você
É pré e pós existente
Você veio do infinito
E vai para o infinito
Aqui é só um segundo
Que vale uma vida
A vida que veio do infinito
Não possui corpo físico
É energia pura
Quando é dado o sinal
De passagem
Um óvulo e um espermatozóide se encontram
E então a vida se instala na matéria
E começa a ganhar um corpo para poder
Cumprir a sua tarefa no planeta
O feto é a matéria vida
Através dele você ganha um corpo físico
Sua vida imaterial, que vem do infinito
Ganha agora um equipamento importante
E maravilhoso
Sem o qual você não pode viver no planeta
É o seu corpo físico
Portanto o feto não pertence a você
Porque vem do infinito
para sua breve passagem pela terra
O feto não pertence à mulher
Que apenas o hospeda e cuida
Por nove meses
(e isso não é ofensivo nem humilhante)
E assim hospedada
A vida que você é veste-se de outro corpo
Para vir à luz
O ventre da mulher é uma espécie de ateliê
De alfaiataria onde se produz a mais alta costura
O Estilista Divino nunca repete um modelito
Sua capacidade de criar é infinita
E sempre está na moda
Desde sempre e para sempre
Seu modelo é a perfeição
E o feto um artefato de DeusaDeus
Não pertence à mulher nem ao homem
O feto não faz parte do corpo da mulher
Por isso é que a mulher faz o aborto
O aborto é a prova definitiva
De que o feto não pertence ao corpo da mulher
Se o feto fosse um nariz, um pé, um braço, uma orelha
Um membro ou órgão qualquer
Aí sim seria propriedade da mulher
Seria parte do seu corpo
Aí podia tirar numa boa
Aí a mulher tem direito de tirar
De fazer o que quiser
De arrancar, cortar, mexer
Porque é parte de seu corpo
Pode arrancar a mão, o olho,
A cabeça, o dedo, o peito, o pé
que tem todo o direito
Por que então não faz isso a toda hora
Em clínicas clandestinas ou luxuosas?
Porque sabe que aí faz parte do seu corpo
Então não arranca facilmente
No máximo uma pelanquinha ali
Uma gordurinha acolá
Uma cirurgia de correção lá diante
Até mesmo um seio apodrecido
Porque já não serve para nada mesmo
Mas arrancar mesmo um dedo novinho
Um braço funcionando
E jogar fora na lata de lixo
Não tem coragem
Só faz isso com o feto
O feto pode arrancar
Que não tem problema algum
A não ser o risco de vida
Mas tudo bem
Pode arrancar porque sabe que não faz
Parte do corpo é outra vida independente
Mas que depende de hospedagem
E é um hóspede precioso
que confia em sua hospitalidade
Então o aborto é traição e covardia
A não ser em casos graves
Quando a vida preciosa da mãe está em risco
Qualquer outra maneira é traição a si mesma
À sua própria essência original
Uma agressão covarde
Com quem não pode se defender
Porque não nasceu ainda
E que é (in)justamente destruído
Por quem deveria lhe defender e proteger
Com a própria vida!
A vida da mulher é preciosa
Como qualquer outra espécie de vida
Como a do feto
A vida é uma só
E se manifesta de infinitas maneiras
Nenhuma é mais importante que outra
Todas tem o mesmo direito ao nascimento
Ninguém é Juiz Divino para decidir
quem deve ou não nascer
Nenhuma mulher pode decidir
Sobre a vida e a morte do feto
Nenhuma tem esse direito
Por mais revolucionária, zeferina
Ou poderosa que seja
Revolucionário é defender a vida
Qualquer espécie de vida
Terrestre, intra ou extraterrestre
Uterina ou microbiana
O direito de trepar/engravidar/abortar
É um direito macabro
É um direito fascista e reacionário
Porque é antivida
Antinatural e antihumano
Não é machista nem feminista
Não é cristão nem islâmico
Nem protestante ou vodoo
Não se trata de religião ou ideologia
O aborto é apenas otário e homicida
Muitos falam em outros mundos possíveis
Em teias e redes de criaturas nômades
Falam em autogestão e liberdades
Falam em organizar, ocupar e resistir
Então vamos possibilitar esse mundo aquiagora
Ao feto que se organizou, ocupou e resiste
Há milhões de anos
A despeito de aumentar a cada dia
O Movimento dos Fetos sem Útero (MFSU)

Geraldo Maia
71 8219-5934


Geraldo Maia's Blog

POEMAS NADA DO POETA NADA

Posted on March 16, 2010 at 11:06pm 0 Comments

Sol sin límite





Era una tarde de espera

Y el mirar de la poesía

emergía del silencio

con su sol sin límite



Había un bouquet de relojes

rumiados

Celulares castos

fingían gentilezas

tras anteojos oscuros



El tedio litúrgico de la antesala

ansiaba desnudos



Luego la conspiración de las

letras en torno de

palabras fantasmas

desviaba el vacío



Sólo estabas tú

Poesía

Con tu cabello…

Continue

LATINO AMERICANO OU LATINOAFROABYAYALANO?

Posted on May 18, 2009 at 6:50pm 0 Comments

LATINO AMERICANO OU LATINOAFROABYAYALANO ?



Pra Mario Benedetti - in memorian



Passados cinco séculos pouco tem sido divulgado e valorizado nas sociedades eurocêntricas do poderoso legado de arte, de pensamento filosófico, de ciência, de política, de tecnologia, de alma e de sentimento, toda a maravilhosa herança cultural material e imaterial de nossos antepassados indígenas e africanos.



E a maior prova desse descaso é o nome Latino América ou América Latina. Nós… Continue

A FLOR DO AMOR

Posted on May 12, 2009 at 3:52am 0 Comments

A FLOR DO AMOR



o melhor lugar é amar

onde o tempo faz sentido

você dança em meu umbigo

eu me lambuzo no riso

do seu prazer

melhor ainda é amar você

caminhar no teu delírio

acarinhar a cantiga

que sai da pele

sorver o som do suor

que abastece a sede

das entranhas

e amar com tanta intensidade

faz da ternura pasto da saudade

faz da manhã o presente do agora

e é tão veloz que tudo mais demora

quando o amor… Continue

GERAÇÃO DE MARÇO

Posted on May 11, 2009 at 1:16am 0 Comments

GERAÇÃO DE MARÇO

(Quase um hino)





Nós somos a geração de março

trazemos vendas nos passos

e fechaduras solitárias nos olhos



Nós somos a geração de agora

Não sabemos o dia em que estamos

a mercê de nossa demora



Nós somos a geração híbrida

(de laboratório)

Vivemos nos corredores

entre horários afiados

e o descanso das sepulturas



Nós somos a geração estúpida

Ficamos sempre em dívida

com a nossa… Continue

PÁTRIA

Posted on May 11, 2009 at 1:05am 2 Comments

PÁTRIA



por que pátria você luta

soldado com tanta fúria

é a pátria das tormentas

dos fuzilamentos nas ruas

é a pátria das torturas

de uma gente que só sua

só labuta

só labuta

nas fazendas dos senhores

nas fábricas dos patrões

nas favelas invisíveis

no lixo das manhãs



mas por que pátria por que pátria você luta

soldado

com tanta fúria

é a pátria dos famintos

dos loucos

dos marginais

dos… Continue

Comment Wall (35 comments)

You need to be a member of iPeace.us to add comments!

Join iPeace.us

At 12:33am on February 26, 2012, leonardo martin negrin said…
At 7:15pm on October 7, 2010, Riccardo Gramegna said…

At 6:30pm on October 7, 2010, Motorcycle Hippy Al said…
Geraldo,

Al and the iPeace Family

and when You get this birthday wish, I would like to

You back Geraldo, to

"So Let's Make a Difference for You & Yours & Everyone" and

"Happy Trails" & "Happy iPeaceing"

As You can see, We (the iPeace Family) are still here!
"Enjoy Life"
At 9:17am on October 7, 2010, G.P. said…




HAPPY BIRTHDAY!
At 7:57pm on June 12, 2010, Eva said…
Hello,

iPeace is deleted from David Califa the end of June. Here you can find a new home.

http://peaceformeandtheworld.ning.com/

You are cordially invited.

Warm regards, Eva
At 5:19pm on March 17, 2010, Ana said…
Bella poesía, Geraldo. ¿ La has escrito tú, en Español ? Está muy bien y me encanta la delicadeza con la que tratas el tema.
Te felicito.
Un abrazo.
Ana
At 9:06pm on March 16, 2010, Ana said…
Si he de decirte la verdad, me gustó más la escrita en Español, pero como te dije, me llega la cadencia y el ritmo del poema como muy bellos.
Un abrazo.
Ana
At 6:22pm on March 16, 2010, Ana said…
Mi comentario, va para este poema.
Ana
At 6:20pm on March 16, 2010, Ana said…
Ufff,,,, ¡¡¡ Es hermoso este poema y también muy cierto...!!! El Amor, es tan delicado como una flor, que puede quebrarse fácilmente, así como lo hace el corazón cuando la mentira y los subterfugios vienen envueltos y disfrazados en esa palabra tan hermosa: AMOR.
Pidamos al Padre/Madre que nadie nos confunda y que no confundamos a nadie utilizando esa palabra tan sagrada.
Un abrazo.
Ana
At 6:12pm on March 16, 2010, Ana said…
Me alegra que recibas este poema como agua que acaricia ( como tú dices). y como sol que da calor.
Te agradezco tan poético comentario.
un abrazo.
Ana
 
 
 

© 2017   Created by David Califa. Managed by Eyal Raviv.   Powered by

Badges  |  Report an Issue  |  Terms of Service